NE Notícias

Se alguém perguntar a eles qualquer coisa em relação à política, vai ouvir: só se preocupam com a pandemia.

Não é bem assim.

Situacionistas divergem nos bastidores sobre indicação de nome para a candidatura a vice na chapa a vir a ser comandada pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB).

A vaga foi definida, em acordo firmado pelo prefeito, ao deputado federal Fábio Mitidieri (PSD).

O deputado quer indicar o atual secretário municipal da Juventude, Jorginho Araújo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-vice-governador Jackson Barreto (MDB só de fachada) tem dois nomes. Preferencialmente, gostaria que a deputada estadual Maisa Mitidieri (PSD) seja a vice. Assim, se Edvaldo for reeleito, Maisa renunciaria e o mandato de deputado estadual passaria a ser exercido por Robson Viana (PSD).

Em segundo plano, JB trabalha para que Robson seja o vice de Edvaldo na esperança de que o prefeito, se conquistar a reeleição, deixe o cargo em 2022 para ser candidato a governador.

Já Edvaldo Nogueira, mantém a palavra de indicação do nome pelo deputado federal Fábio Mitidieri, mas atua para que a deputada Maisa, irmã de Fábio, seja sua companheira de chapa. Com isso, avalia, os Mitidieri se engajariam de corpo e alma na campanha.