NE Notícias

O governador Belivaldo Chagas (PSD) mudou de posição sobre a reforma da Previdência.

Mário Souza / ASN

É o que informa neste sábado, 30, o jornal Correio Brasiliense.

Na coluna “Brasília-DF”, Denise Rothemburg diz que Belivaldo assinou documento com governadores, mas mudou de posição ao discursar na presença de uma ministra do governo Bolsonaro (PSL).

Veja o que informa a jornalista sobre a visita a Sergipe da ministra Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:


Na quinta-feira, em Sergipe, a ministra obteve o apoio do governador Belivaldo Chagas (PSD) que, em 15 de março, havia assinado o manifesto dos governadores de Estados do Nordeste contra a Reforma da Previdência.

Em seu discurso, o governador foi claro: “sem a reforma, não vamos deslanchar. Com a reforma da Previdência, teremos recursos para a Educação, Segurança, infraestrutura”, disse ele, prometendo esforços no Congresso para ajudar na articulação.

A ministra, logo depois, colocou o presidente ao telefone com o governador.

Isso é política.