MDB Sergipe

O Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) determinou com urgência que a prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro, suspenda o pregão para locação de máquinas no valor de R$ 6 milhões e mais outros dois, tendo em vista a crise do coronavírus.

Secom | Lagarto

A medida impede que Hilda leve adiante uma licitação que vai custar caríssimo para os cofres públicos num momento em que a preocupação é investir no combate ao coronavírus. Além do mais, a prefeitura de Lagarto possui a maior frota de máquinas do interior do estado.

A prefeita Hilda Ribeiro não queria atender a recomendação para suspender a licitação, mas agora fará por força da Justiça, com risco de multa de R$ 100 mil por dia.

A licitação foi denunciada pelo presidente estadual do MDB, Sérgio Reis. De acordo com ele, não há necessidade desse gasto, principalmente porque a Prefeitura ganhou recentemente equipamentos novos graças a emendas parlamentares do deputado federal Fábio Reis e do ex-deputado André Moura.

“Agora a prefeita pode acatar nossa sugestão e destinar esse valor para um programa emergencial de auxílio aos trabalhadores autônomos que estão sem renda devido à pandemia do novo coronavírus”, afirmou.

Veja a decisão: