NE Notícias

A subprocuradora Lindora Araújo é responsável pela Operação Lava-Jato na Procuradoria Geral da República.

Considerada “braço direito” do procurador-geral, Augusto Aras, a subprocuradora também comanda outra investigação importante na PGR: irregularidades na compra de respiradores e outros itens para combate à covid-19 nos estados e municípios.

Pode dar dor de cabeça a quem participou da fraude do pagamento antecipado feito pelo Consórcio Nordeste para a compra de respiradores que nunca chegaram nem jamais serão entregues.

Agência Petrobras / Imagem ilustrativa

Recentemente, em parecer, defendeu a federalização do Caso Marielle.

O assassinato da vereadora Marielle Franco, do Rio de Janeiro, ocorreu em março de 2018. A família é contra a federalização.

Atuou também na Operação Faroeste, que apura a venda de sentenças judiciais na Bahia e levou a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago à prisão, em novembro de 2019.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Consórcio Nordeste

NE Notícias apurou que apuração considerada rigorosa está sendo feita e que pode culminar no pedido de prisões nos próximos dias.

Os 9 Estados do Nordeste – Sergipe entre eles – pagaram adiantado R$ 48,7 milhões.

Alguns milhões foram devolvidos, mas os Estados continuam perdendo.

Fraudes praticadas por pessoas que participaram de negociações, incluindo propinas a intermediadores, podem tirar o sono de ladrões do dinheiro público.