ASN

Divulgação

O Estado de Sergipe registrou a geração de 2.374 novos empregos no ano de 2019, de acordos com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Este é o segundo ano consecutivo o qual o estado voltou a registrar números positivos.

Além disso, o resultado apresentado em 2019 é o melhor desde o ano de 2014. Nos anos de 2015, 2016 e 2017, Sergipe registrou um saldo negativo, retomando o fôlego em 2018, com 1.031 novos empregos.

De acordo com o economista Ricardo Lacerda, o setor de Serviços lidera com ampla vantagem o ranking dos que mais geraram empregos no ano passado, seguido pelo Comércio. As atividades de serviço que mais geraram empregos formais foram saúde, alimentação, serviços administrativo e de ensino.

“Esse resultado confirma o que já se esperava, de acordo com os dados dos últimos meses, que começaram a surpreender favoravelmente. O resultado já mostra uma melhoria progressiva do emprego em Sergipe e confirma nossa avaliação anterior de que o pior, em termos de mercado de trabalho, já passou, e que os resultados tendem a ser positivos daqui para a frente”, explicou.

Ainda segundo o economista, o Comércio Varejista também voltou a apresentar saldo positivo neste último ano, devido a chegada de novos estabelecimentos no estado de Sergipe, como o Assaí Atacadista, Sam’s Club, o Aracaju Parque Shopping, além do aumento da contratação nas empresas de modo geral, devido aos incentivos fiscais realizados pelo Governo do Estado.