NE Notícias

Como NE Notícias adiantou COM EXCLUSIVIDADE, o governador Belivaldo Chagas (PSD) tende a ficar na Chefia do Executivo até o fim do mandato.

Não quer passar o cargo para a vice-governadora Eliane Aquino (PT).

André Moreira / ASN

O plano pode mudar se Eliane também for candidata a mandato eletivo. Nesse caso, seria governador o presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo (MDB), fiel aliado.

Para serem candidatos em 2022, Belivaldo e Eliane terão que se afastar no começo de abril daquele ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Seja qual for a decisão, pode-se afirmar, com tranquilidade, que o atual governador não tem a menor disposição para ajudar a ter como sucessor o senador Rogério Carvalho (PT) nem o deputado federal Laércio Oliveira (PP).

Também não apoiará a pretensa candidatura a governador do “menino” deputado federal Fábio Mitidieri (PSD).