Assessoria de Comunicação

As entidades dos movimentos sociais, sindical, estudantil e conselhos de classe que abaixo assinam a presente nota, vem manifestar apoio a manutenção do isolamento social em Sergipe em defesa da saúde e da vida da população. É fato, a defesa da OMS – Organização Mundial da Saúde e de todos setores de pesquisas médicas e científicas, que o isolamento social é a única forma eficaz de impedir o avanço desenfreado da Pandemia da COVID-19. Assim os países que resolveram ir à contramão dessas orientações acabaram voltando atrás e hoje já reconhecem o erro que foi a flexibilização do isolamento social.

Contrários as orientações médicas e científicas, estamos observando em Sergipe um movimento da classe empresarial, que pressiona os governos Estadual e Municipais, exigindo a flexibilização total do isolamento social, colocando o lucro acima da vida dos trabalhadores e estudantes.

A classe empresarial no Estado já usufrui de generosos benefícios fiscais que chegam a 3 bilhões de reais ao ano segundo levantamento das centrais sindicais CUT, CTB, UGT e CONLUTAS. Portanto, nesse momento, a classe empresarial deveria dar sua parcela de contribuição, mantendo o emprego e a remuneração dos seus trabalhadores, bem como fazendo a defesa da vida em vez dos seus lucros.

O Estado de Sergipe aproxima-se do seu momento mais crítico, pois nos próximos dias as UTI’s do Estado estarão com a taxa de ocupação próxima de 100%. Nesse sentido, o Governo do Estado não pode ceder a pressão da classe empresarial e deve manter o isolamento social, pois todos os estudos demonstram que Sergipe está em uma situação difícil pois a taxa de isolamento social chega a 46%, quando a OMS recomenda, no mínimo, 70%. Por isso mesmo, o governo do estado e os governos municipais precisam adotar medidas mais severas para aumentar o isolamento social e salvar vidas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Brasil atravessa uma grave crise política, econômica, institucional e sanitária e hoje infelizmente tem em seu comando alguém que desrespeita e conspira diariamente contra as instituições, inclusive fomentando ações e levantes populares contra os demais poderes.

O governo defende o fim do isolamento social e a consequente retomada total atividade econômica, sem levar em consideração as milhares de mortes que essa atitude pode causar e criando artifícios midiáticos para desviar a atenção da população para a gravidade do problema.

Qualquer flexibilização, nesse momento, traz exposição e risco de morte a milhares de trabalhadores e trabalhadoras, uma vez que não são os empresários que estarão na linha de frente das atividades econômicas.

Cabe ressaltar que a crise financeira que o Brasil vem atravessando é anterior a pandemia e que o desemprego já era uma crescente e tende a se agravar, sobretudo, pela péssima condução do Estado feita por Bolsonaro, Paulo Guedes, deputado Laércio Oliveira, e todos que apoiam a redução de salários e direitos do trabalhador força motriz a superação dessa crise.

Não estamos defendendo o fim do setor produtivo, muito pelo contrário, estamos defendendo que ao final da pandemia existam vidas, e trabalhadores, para poder produzir e consumir toda a riqueza do Brasil.

• CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES – CUT

• CENTRAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DO BRASIL – CTB

• UNIÃO GERAL DOS TRABALHADORES – UGT

• CSP-Conlutas

• SINERGIA – Sindicato dos Eletricitários do Estado de Sergipe

• SINDIPREV – Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social no Estado de Sergipe

• SINDISAN – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Estado de Sergipe

• SINTESE – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe

• SINDIJUS – Sindicatos os Trabalhadores do Poder Judiciário do Estado de Sergipe

• SINDIMINA – Sind. Trab. Nas Ind. Prospecção, Pesquisa, Extração e Beneficiamento de Minerais Dos Estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Piauí

• SINDOMÉSTICAS – Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Domésticos do Estado de Sergipe

• SINDASSE – Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado de Sergipe

• SINDIPEMA – Sindicato dos Profissionais de Ensino do Município de Aracaju

• SINDSEME – Sind. Servidores Públicos Municiais de Estancia e Arauá

• SINDTIC – Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados do Estado de Sergipe

• SINTRADISPENSE – Sindicato dos Trabalhadores Terceirizado Prestadores Serviço Contratados Temporários Agentes Disciplinares Penitenciários do Estado de Sergipe

• SINDIBRITO – Sind. Dos Servidores Públicos Municipais de Campo do Brito

• SINDISERVE-CANIDÉ – Sind. Dos Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco

• SINTECT SERGIPE – Sind. dos Trab. Correios e Telégrafos do Est. de Sergipe

• SINDIJOR – Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe

• SINPOSE – Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado de Sergipe

• SINDIFARMA – Sindicato dos Trabalhadores de Farmácia

• SENDSEMP – Sindicato dos Trabalhadores Efetivos do Ministério Público de Sergipe.

• SINDICONTAS – Sindicato dos Servidores Efetivos do Quadro Permanente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe

• SINDISLUZI – Sind. Dos Servidores Públicos Municipais de

• SINDACSEI – Sind. Dos Agentes de Saúde e Agende de Endemias do Município de Itabaiana

• SINDSERV POÇO VERDE – Sind. Dos Servidores Públicos Municipais de Poço Verde

• CUTISTAS RURAIS

• SINDIFREI – Sind. Dos Servidores Públicos Municipais de Frei Paulo

• SINDICOM – Sind. Dos Comerciários de Estancia

• SINPAF Embrapa Aracaju

• SINDIFISCO – Sindicato do Fisco do Estado de Sergipe.

• SEEB – Sindicato dos Bancários de Sergipe

• SINTRASE- Sindicato dos trabalhadores do Serviço Público de Sergipe

• SINTER- SE – Sindicato dos trabalhadores da Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Sergipe

• SINTSERV RIBEIRÓPOLIS- Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Ribeirópolis.

• SINDSEP INDIAROBA – Sind. Servidores Públicos Municipais de Indiaroba

• STERT SERGIPE- Sindicato dos Radialistas de Sergipe

• SEESE- Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe

• Sindicato dos Empregados no Comércio Boquim

• Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Feira Nova/Sergipe

• Sindicato dos Empregados em Supermercados do Município de Estância

• Sindicato dos Empregados no Comércio Itabaianinha

• Sindicato dos Empregados em Supermercados de Sergipe

• Sindicato dos trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de São Cristóvão.

• Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Amparo do São Francisco.

• Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares de Muribeca

• Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Salgado.

• Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagarto

• Sindicato dos Trabalhadores Rurais de GRACHO CARDOSO

• SINTASA – Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe

• SINDIPETRO – Sindicato dos Petroleiros do Estado de Alagoas e Sergipe

• SINDICAGESE-Sindicato dos Trab. Ind. Cimento Cal e Gesso do Est de Sergipe

• SINDISCOSE – Sind. Trab. Em Conselhos e Ordem de Fiscalização Profissional do Estado de Sergipe

• ADUFS – Associação dos Docentes da Universidade Federal de Sergipe

• SINTUFS – Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Sergipe

• SINDVIGILANT – Sindicato dos Vigilantes do Estado de Sergipe

• SINDMARKETING – Sind. Trabalhadores em Telemarketing e Empregados de Empresas de Telemarketing do Estado de Sergipe

• Federação Nacional dos Nutricionistas

• SINDINUTRISE – Sindicato dos Nutricionistas do Estado de Sergipe

• FETAM – Federação Estadual dos Trabalhadores no Serviço Públicos Municipais

• Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Sergipe

• Federação Nacional das trabalhadoras domésticas

• FETASE – Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Sergipe

• UBM – União Brasileira de Mulheres

• USES – União Sergipana de Estudantes Secundaristas

• CRES – Conselho Regional de Serviço Social

• Coletivo Resistência e Luta

• Fórum Sergipano das Religiões de Matriz Africana

• Federação Luar Umbanda e Candomblé de Sergipe

• Agenda 100% Axé

• Fórum de entidades negras

• Consulta popular

• Associação Dina Pesquisa piloto de Caraíbas – Canhoba.

• Federação Estadual das Comunidades Quilombolas de Sergipe

• Fórum de Entidades Negras

• CONAM- Confederação Nacional das Associações de Moradores

• FECS- Federação Estadual das Entidades Comunitárias de Sergipe

• MTST – Movimento dos Trabalhadores Sem Teto

• MPA – Movimento dos Pequenos Agricultores do Sergipe

• Comitê Sergipano Popular pela Vida

• Consulta Popular

• MCP – Movimento Popular Camponês

• Marcha Mundial das Mulheres de Sergipe

• Levante Popular da Juventude

• Fórum de Entidades Negras Beatriz Nascimento (COPVIDA)

• Afronte – Juventude sem Medo (COPVIDA)

• ANEPS – Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde (COPVIDA)

• ASA – Articulação Semiárido Brasileiro (COPVIDA)

• Ásè Égbè Sergipano-Coletivo de Terreiros (COPVIDA)

• Coordenação estadual quilombolas

• MML

• Luta popular

• Associação N. de Fátima

• Associação Portal dos Ventos

• Federação Estadual das Comunidades Quilombolas

• Associação Dona Paqueza Piloto de Caraíbas – Canhoba

• CEAGEO – Centro Acadêmico de Geografia Alexandrina Luz/UFS Itabaiana (COPVIDA)

• CDJBC – Centro Dom José Brandão de Castro (COPVIDA)

• Coletivo de Mulheres Eurukerê (COPVIDA)

• Coletivo Negro Beatriz Nascimento (COPVIDA)

• Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (COPVIDA)

• Instituto Braços – Centro de Direitos Humanos de Sergipe (COPVIDA)

• Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social (COPVIDA)

• Mídia Livre Os Caatingas (COPVIDA)

• INIS – Instituto Nacional de Inclusão Social (COPVIDA)

• MNDH – Movimento Nacional de Direitos Humanos (COPVIDA)

• ABJD/Núcleo Sergipe – Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (COPVIDA)

• CEAGEO – Centro Acadêmico de Geografia Alexandrina Luz/UFS Itabaiana (COPVIDA)