NE Notícias

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes mandou soltar o secretário de Transportes do estado de São Paulo, Alexandre Baldy.

A defesa alega que Baldy não pode ser investigado pela Justiça Federal por ocupar cargo no governo paulista.

Alexandre Baldy, quando era ministro de Temer – Neto Talmeli / Prefeitura de Uberaba

Em São Paulo, alega a defesa, secretários do Estado têm prerrogativa de foro no Tribunal de Justiça.