Assessoria Parlamentar

Durante entrevista para o “Jornal da Rio” com Gilson Neto, o deputado realizou um balanço do seu trabalho na Alese no ano de 2020.”Costumo dizer que quando um projeto é aprovado na Assembleia, a culpa maior é dos deputados que aprovaram do que do governador”, declarou o deputado Gilmar Carvalho em entrevista na quarta-feira (06).

Gilmar foi um dos deputados que disseram não ao projeto do Governo de Sergipe que reajustou em 100% cinco taxas do Detran. Ele comentou que “estranhamente” 14 deputados votaram a favor do aumento não só das taxas do Detran, como também taxas de serviço para o Corpo de Bombeiros. “Eles decidiram votar contra o povo e ainda alegaram que não era um aumento e sim, um simples reajuste”, disse Gilmar. O deputado afirmou, também, que com um salário de cerca de 20 mil reais, fica fácil para alguns deputados aumentarem taxas porque isso não mexe no bolso deles.

Alese / arquivo

Gilmar Carvalho fez uma retrospectiva das absurdas aprovações que já foram realizadas na Alese. Ele relembrou a Reforma da Previdência que tirou dinheiro da conta dos aposentados e que foi aprovada pela maioria e que ele novamente ficou de fora junto com o Deputado Iran. Gilmar alega que o desconto é inconstitucional e diz que já representou oficialmente a OAB requerendo o ajuizamento de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, provando mais uma vez a defesa incontestável da população.

O deputado falou sobre sua luta para resolver o problema da falta d”água em vários municípios do agreste sergipano. “Os problemas da Deso são exemplo da incompetência do atual governo”, afirmou Gilmar e declarou, ainda, que não ficou satisfeito com o que poderia ter sido feito na Alese. “É revoltante mas, em 2020, assim que começou a pandemia, a Alese só faz o que o Governo quer. A Alese só aprovou projetos de interesse do Governo”.

Gilmar lembrou da batalha que empreendeu para conseguir melhorias para a estrada de Lagoa do Rancho em Porto da Folha, bem como batalhou pela telefonia celular tanto naquele povoado como em Lagoa da Volta e é projeto seu conseguir, junto à Anatel, estender o serviço para o Povoado Lagoa Redonda e, ainda, se dispôs a tentar intermediar o prblema de telefonia em toda Porto da Folha.

Questionado sobre a questão das “verbas de subvenção”, Gilmar lembrou que depois do escândalo do mau uso de tais verbas, ele guarda, com orgulho, a postagem do site do Ministério Público Federal que aponta, que dos 24 deputados estaduais à época, ele foi o único que usou as verbas com regularidade. As verbas de subvenção foram abolidas depois do escândalo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gilmar falou ainda sobre implantação de uma unidade do Corpo de Bombeiros em Municípios carentes desse serviço. É sabido que o nome de Gilmar Carvalho foi colocado como um possível candidato às eleições municipais de 2020. Seu nome foi apontado entre os três primeiros em várias pesquisas eleitorais em Aracaju, em algumas delas, inclusive, na primeira colocação. Mas a sua candidatura não foi permitida pelo partido, caso raro, não é conhecido na história que um partido viesse a rejeitar um candidato que despontava na frente com grande chances de vitória. Com isso, e por conta da pandemia do Covid 19, Gilmar optou por se manter afastado como apoiador da disputa eleitoral e prefere não se manifestar acerca do pleito eleitoral municipal de 2020. “se não participei prefiro não me manifestar”, pontuou.

Gilmar contou aos ouviintes que recebeu convite de duas emissoras de fora do Estado para comandar um programa nos moldes do que ele já fazia aqui em Sergipe, mas informou que, devido ao seu compromisso com o povo sergipano, preferiu ficar e dar continuidade a sua missão para com o povo mais carente e principalmente pelos direitos dos trabalhadores. O deputado foi convidado, também, por duas emissoras locais e afirma que em breve pode retornar as telinhas da Cidade, para alegria da população mais carente e que conta com o apoio do deputado jornalista.

Gilmar Carvalho interagiu com os ouvintes e foi parabenizado por muitos. O deputado ratificou sua vontade de lutar pelos direitos dos sergipanos “Vamos seguir ouvindo a população e avaliando onde podemos melhorar e fazer ainda mais pelos sergipanos. O nosso mandato é comprometido com os interesses da população e com o desenvolvimento social e econômico de todo o Estado. Temos muito trabalho pela frente e o reconhecimento do povo nos mostra que estamos no caminho certo”, finalizou Gilmar.