NE Notícias

Eraldo Gomes Mota, 56 anos

Morreu neste domingo, 9, o policial civil Eraldo Gomes Mota.

Trabalhava na Delegacia de Polícia de Itabaiana.

Estava internado em decorrência de complicações causadas pelo coronavírus.

Tinha 56 anos.


NOTA DE PESAR DA POLÍCIA CIVIL

O delegado-geral, Thiago Leandro, lamenta a morte do policial civil Eraldo Gomes Mota, 56 anos, lotado na Delegacia Plantonista de Itabaiana. Ele estava internado e faleceu na manhã deste domingo, dia 9, em decorrência de complicações da covid-19.

Em tempo, o delegado-geral se solidariza com os amigos, colegas de trabalho do policial e com os todos os familiares.