SSP Sergipe

Na tarde desta segunda-feira, 07, policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) cumpriram mandado de prisão definitiva contra Enersson Miller de Souza, 33. A prisão foi realizada no bairro Santo Antônio, em Aracaju.

Enersson foi condenado por um homicídio praticado em 2014. Na ocasião, após uma discussão em um bar, Enersson utilizou um automóvel para atropelar e matar seu desafeto.

Jorge Henrique/SSP

O fato ocorreu no dia 9 de maio de 2014, no bairro Luzia. Moisés Bispo foi atingido pelo veículo conduzido por Enersson no bairro Luzia. O acusado foi autuado em flagrante tanto no acidente quanto por conduzir o carro sob efeito de álcool. Ele foi preso e acabou sendo liberado após pagar fiança.

A família alegou que Enersson tinha ciúmes de Moisés porque ele já havia sido casado e tinha um filho com a sua atual esposa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Enersson Miller foi condenado a 12 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado e um ano de prisão por conduzir o veículo embriagado e sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele obteve o direito de recorrer em liberdade.

O Ministério Público pediu a condenação por homicídio qualificado, argumentando que o réu utilizou o automóvel como meio cruel e que isso impossibilitou a defesa da vítima.

Enersson está custodiado e será apresentado ao Poder Judiciário de Sergipe.