AAN

Aracaju ampliará a capacidade de público em jogos de futebol profissionais e removerá a restrição de um metro de espaçamento, entre as carteiras, nas escolas de ensino público municipal e particular.

Victor Ribeiro/ASN

As medidas foram definidas na tarde desta quinta-feira, 14, pelo Comitê de Operações Emergenciais (COE), após nova reunião em que foram analisados os dados epidemiológicos da capital, que apontam baixo índice de internações por covid-19, de óbitos e de novos casos confirmados, além do avanço da vacinação. 

O decreto municipal nº 6589/2021, que se adequa à resolução estadual, também estabelece a manutenção da obrigatoriedade do uso de máscara e do cumprimento dos protocolos sanitários, nas unidades de ensino de Aracaju. 

Com relação às partidas de futebol, fica autorizada a ampliação de 30% para 50% da capacidade de público, em estádios. Também fica permitido o uso de instrumentos musicais e similares, além de bandeiras e faixas, pelas torcidas. Para ter acesso, o público deverá apresentar documento que comprove a imunização completa contra a covid-19 ou um teste antígeno, com resultado negativo, com, no máximo, 48 horas de antecedência da partida. Também serão mantidas as exigências sanitárias para realização dos jogos.

— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE —

Dados de Aracaju

Aracaju segue com baixos índices de novos casos confirmados do novo coronavírus e de óbitos. Há, atualmente, 17 pessoas internadas nas redes pública e privada por causa da covid-19. Até o momento, foram registradas três mortes em decorrência da doença no mês de outubro. 

Em relação à vacinação, 89,14% dos aracajuanos acima dos 12 anos (508.029 pessoas) já receberam a 1ª dose do imunizante contra a covid-19. Considerando os adultos, o índice sobe para 90,21%. Quanto à imunização completa, 67,62% dos aracajuanos receberam as duas doses ou a dose única, o que equivale a 347.541 pessoas.