NE Notícias

Mais um capítulo das negociações envolvendo a compra de uma mansão na Praia do Saco, em Estância-Sergipe, pelo “falido” empresário do Hiper Sales Construções, Francisco Sales de Jesus, cuja empresa está sendo cobrada judicialmente por dívidas que ultrapassam os R$ 45 milhões. 

Mesmo com todo esse montante a pagar aos credores, Sales arrematou em um leilão da Justiça do Trabalho, uma luxuosa propriedade no litoral sergipano, através da empresa FS Participações. No entanto, até o início dessa semana, o empresário ainda não havia pago o sinal pelo lote arremato, o que foi denunciado pelo industrial Frank Vieira, que fez um lance mais alto, mas não conseguiu adquirir a luxuosa mansão. 

No entanto, o NE Notícias recebeu, COM EXCLUSIVIDADE, o comprovante de pagamento do sinal feito por Sales, no valor de R$ 415.971,00. Em um ofício, o leiloeiro Valério Déda informa à juíza Gilvânia Oliveira Rezende que a FS Participações fez o pagamento do sinal e da comissão R$ 69.328,50 no dia 7 de janeiro de 2020. O valor total chegou a R$ 485.299,50. 

O não cumprimento do prazo de 24 horas após o leilão (realizado em 28 de novembro de 2019) para o pagamento do sinal é uma das irregularidades apontadas por Frank Vieira, que também acusa o leiloeiro de colocar o site com o Lote no ar por apenas 20 minutos, inviabilizando seu lance. As denúncias serão analisadas pela Justiça do Trabalho e poderão cancelar o leilão do imóvel. 

NE Notícias se coloca à disposição de Francisco Sales e sua assessoria jurídica para possíveis esclarecimentos.