NE Notícias

Mais uma vez o industrial Frank Vieira, sócio do Grupo Maratá, volta a denunciar “irregularidades” envolvendo o leilão de um imóvel de luxo na praia do Saco, em Estância, ocorrido em 28 de novembro do ano passado.

Mesmo ofertando o maior lance, o empresário não ganhou a disputa, levantando uma série de suspeitas sobre o procedimento da venda determinada pela Justiça do Trabalho de Sergipe. 

O LOTE 06, teve o lance vencedor de R$ 1.386.570,00 (um milhão e trezentos e oitenta e seis mil e quinhentos e setenta reais), ofertado por F. S. PARTICIPAÇÕES LTDA, empresa que pertence ao empresário José Sales, proprietário do Hiper Sales, que está em recuperação judicial e deve cerca de R$ 45 milhões a diversos credores. 

Agora, segundo denúncia oficializada à própria Justiça, no dia e hora marcados para realização do referido leilão (28/11/19), às 8h30, Frank Vieira, que estava devidamente cadastrado e habilitado no sistema da Lance Leilões, objetivando ofertar lance do bem descrito no LOTE 06, foi surpreendido quando surgiu no sistema da Lance Leilões, através sítio eletrônico www.lancese.com.br, a informação ENCERRADO, com apenas 20 minutos do seu início.

Dessa forma, o empresário ficou impossibilitado de ofertar seu lance, buscando informações junto à empresa Lance Leilões, desde o dia da realização da referida disputa. De forma estranha e sem dar nenhum detalhamento, a empresa respondeu, através de e-mail, que o referido Lote 06 teria sido arrematado de forma condicional.

Frank Vieira também denuncia na sua petição que, “apesar das informações constantes no Auto de Leilão Positivo (ID df99466 e ID 00a03b8), pertinente ao LOTE 06, não existe sequer a emissão da Guia de Pagamento, nem tampouco a comprovação de pagamento conforme previsto no Edital de Hasta Pública”.

O empresário volta a cobrar esclarecimentos relativos ao Leilão Público Judicial, através de sistema Online, “especificamente quanto aos questionamentos da forma de arrematação do LOTE 06, bem como da falta de comprovação do pagamento previsto no Edital de Hasta Pública.”

O site continua à disposição do empresário José Sales e/ou da sua assessoria jurídica para esclarecimentos a respeito das denúncias protocoladas na Justiça do Trabalho por Frank Vieira.