Aracaju, 12 de Dezembro de 2018
Alessandro Vieira já é o novo delegado-geral da PC


O governador Jackson Barreto empossou na manhã desta segunda-feira, 22, o novo delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira, em solenidade ocorrida na Academia de Polícia Civil (Acadepol). O ato dá continuidade às ações de troca de comando da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Alessandro substitui o delegado Éverton Santos.

Jackson falou da confiança depositada por ele e pela sociedade sergipana na nova equipe formada sob o comando do secretário João Batista. “Reitero o que já havia dito, tenho muita confiança na liberdade dada ao secretário João Batista para escolher a sua equipe. A sociedade criou muita expectativa com a nomeação desta nova equipe. Todos sabem das suas obrigações. Estamos aqui para prestar serviço à sociedade e atender o clamor da população, que coloca a área da Segurança Pública como a mais cobrada em termos de resultados. Queremos mostrar, por meio de resultados, a competência e operatividade dos profissionais de Segurança Pública do Estado, porque sei que contamos com homens e mulheres qualificados e empenhados no trabalho que escolheram desempenhar”.

Mantendo-se fiel às prioridades elencadas pelo secretário João Batista e pelo governador, de integração entre as polícias Civil e Militar e de cobrar operatividade dos profissionais da SSP, o delegado Alessandro Vieira recordou que em seus quase 15 anos de polícia as vitórias alcançadas se deu devido ao trabalho em equipe.

“Vamos continuar assim, temos uma equipe jovem, de muitos valores operacionais, de reputação ilibada com a qual pretendemos dar um novo rumo aos caminhos da polícia civil, focado no profissionalismo, na ação presente e cotidiana na capital e no interior do estado”, disse referindo-se aos colegas que terão ao seu lado a responsabilidade pela busca diária de resultados, sobretudo àqueles que ocuparão cargos estratégicos na gestão, à nova equipe de gestão direta da Polícia Civil, o diretor da Coordenadoria de Polícia Civil, André Baronto; o diretor da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior, Fábio Pereira; a corregedora geral da Polícia Civil, Érica Farias; o diretor do Departamento de Inteligência da Polícia (Dipol), Cristiano Barreto; o diretor do Complexo de Operações Especiais (Cope), João Eloy; o diretor do Departamento de Homicídios, Jonathas Evangelista; o diretor do Departamento de Narcóticos, Osvaldo Rezende; a diretora do Departamento de Ordem Tributária, Danielle Garcia e a diretora do Departamento de Grupos Vulneráveis, Mariana Diniz.

O novo delegado geral afirmou que a Polícia Civil terá como foco a redução de homicídios no estado. “Precisamos salvar vidas, para isso é necessário um trabalho integrado com a Polícia Militar e com outros setores do sistema de repressão. Vamos fazer isso com urgência, porque a situação não está fácil, mas temos uma expectativa muito positiva de melhora do quadro”.

Alessandro Vieira enfatizou ainda que, cobrará dos profissionais sob a sua coordenação aquilo que a lei exige de cada função. “ O comprometimento com a coisa pública é um valor que vem de berço, mas todos nós temos a obrigação de cumprir a missão que assinamos quando aceitamos o encargo. Ninguém é polícia obrigado, ninguém faz o concurso forçado ou está aqui amarrado, então, quem pretende continuar no serviço, na Segurança Pública, vai ter que cumprir exatamente aquilo que a legislação determina em termos de carga horária, frequência e desempenho. Se pudesse resumir em uma frase apenas, diria a todos que: a direção da Polícia Civil no estado de Sergipe não vai exigir nada além do que está previsto na lei, mas não vai aceitar menos do que está previsto na lei. Com a força de todos, nós temos plenas condições de fazer frente a violência e melhorar os nossos resultados expressivamente, caminhando desde a parte de inteligência até a parte de ação tática com a Polícia Militar, para conseguirmos melhores resultados. Precisamos nos somar”, defendeu.

Histórico

Alessandro Vieira é bacharel em Direito pela Universidade Tiradentes (Unit), formado em 2001, ano em que ingressou na Polícia Civil, como delegado. Vieira esteve à frente das 1ª, 4ª e 9ª delegacias metropolitanas, que abrangem Grageru, Farolândia e Santa Maria, respectivamente. Foi diretor da Coordenadoria Geral de Perícias; da Codep, atual Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceacrim); do Departamento de Defraudações e Combate à Pirataria. Foi o primeiro delegado da Delegacia de Crimes Cibernéticos e assessor da Superintendência de Polícia Civil. Antes de assumir a Superintendência da Polícia Civil, comandava o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Na última quinta-feira, 18 de fevereiro, o governador Jackson Barreto empossou o novo secretário de Estado de Segurança Pública, o delegado João Batista. Já na sexta-feira, 19, foi empossado o novo comandante geral da Polícia Militar (PM), coronel Marcony Cabral.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados