Aracaju, 14 de Novembro de 2018
Incêndio na desocupação da favela "Iraque" no bairro Farolândia


Hoje, a pedido de uma cara amiga, saí de minha casa para acompanhar e fotografar o resgate de animais abandonados durante a retirada da invasão do Iraque, na Farolândia, na beira do braço de rio do canal Santa Maria, zona sul de Aracaju.

Ao chegar no local, me deparo com duas situações: uma comunidade relativamente grande havia sido expulsa de suas casas, tratores e caminhões montavam pilhas e mais pilhas de escombros e cinzas, alguns populares que voltavam para coletar até mesmo os tijolos de suas antigas casas, para se relocarem para onde houvessem a sorte, mas não bastava só isso, havia o primeiro incêndio.

Quando questionei um dos funcionários da prefeitura o porquê de uma grande pilha de escombros de barracos, quase que inteiramente madeira estava sendo queimado, recebo a resposta que os próprios antigos moradores estavam ateando fogo no que deixaram para trás .

Achei estranho, afinal não havia moradores daquele lado, e além do mais, para que ter o trabalho de queimar o que levaram tanto sacrifício para ter? No entanto, era tudo mentira. A situação que encontrei, juntamente com o pessoal das ONGs e moradores que tentavam salvar o que restou era horrível: a população fora expulsa tentando salvar o que restou dos barracos, os animais e seus pertences.

A equipe de demolição da prefeitura não mostrou nenhuma preocupação com as pessoas que ali estavam. Muito menos com os animais que tentavam fugir. Um absurdo! O grupo que participei salvou cerca de 17 animais. Fora os que apresentavam alguma doença prejudicial a saúde humana.

Um cenário de terror em que mais uma vez o poder público não demonstra qualquer caráter humano.

Fica o breve relato. Para ler completo é só compartilhar o post no meu perfil do Facebook.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados