Aracaju, 19 de Setembro de 2018
Comunidade preocupada com problemas na Rodovia dos Náufragos


Os moradores dos povoados da Zona de Expansão de Aracaju estão preocupados com os problemas causados pela Rodovia dos Náufragos, principalmente com os acidentes automobilísticos.

Na manhã da última terça, 30, a Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo (ADCAR) havia protocolado documento junto ao Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária (DER) solicitando instalação de equipamentos redutores de velocidade na rodovia. Já na última sexta-feira, 2, a ADCAR protocolou ofício junto à Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Energético Sustentável (SEINFRA) enumerando uma série de problemas de manutenção naquela rodovia estadual.

Entre os problemas reclamados pela ADCAR está o matagal que toma os acostamentos e que força os pedestres e ciclistas a usarem o leito da pista de rolamento em vários trechos. Neste caso os moradores solicitam que o acostamento seja roçado e que seja revestido com material que evite o crescimento rápido do matagal, principalmente durante o inverno.

Outro problema apontado pelos moradores é a grande quantidade de pontos de alagamento tanto do acostamento, quanto do leito da rodovia. Nesses pontos o risco de acidentes é muito grande, tanto com os condutores e seus veículos, quanto com os pedestres. Os moradores informam que os alagamentos é um evento novo, que vem ocorrendo depois da ocupação indiscriminada das margens da pista.

As caixas de passagem para águas pluviais sobre as calçadas encontram-se com as tampas quebradas e oferecendo risco aos transeuntes. Este foi mais um item do ofício enviado pela ADCAR à Seinfra.

Quanto aos acidentes e à velocidade praticada pelos condutores, a Direção da ADCAR solicitou a implantação emergencialmente de três obstáculos físicos, os conhecidos quebra-molas, a fim de reduzir os acidentes nos locais mais perigosos.

Resposta da Seinfra – Segundo José Firmo, presidente da ADCAR, a Seinfra informou através da Assessoria de Comunicação, na manhã de sexta-feira, 30, que vai programar serviços de roçagem dos acostamentos para os próximos dias. “E esperamos que os demais itens de manutenção solicitados sejam também atendidos para que nós moradores e os condutores responsáveis tenha mais tranquilidade.” Disse Firmo.

Além dos serviços emergências, José Firmo informa que espera que os equipamentos eletrônicos sejam instalados nos pontos mais perigosos da Rodovia dos Náufragos. Para tratar desse assunto a direção da ADCAR solicitou audiência com o Secretário Valmor Barbosa.

CPRV – A Direção da ADCAR decidiu que vai procurar a Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRV) par solicitar operações nos finais de semana, dada a grande quantidade de veículos que circulam no local. Os moradores estimam que o fluxo de veículos cresceu cinco vezes depois da construção das pontes Joel Silveira e Gilberto Amado, no litoral Sul de Sergipe.

Ministério Público Estadual – A ADCAR vai procurar a Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público Estadual para cobrar agilidade em procedimento instaurado há mais de três anos sobre a construção de uma subestação de energia e a implantação de postes de alta tensão sobre a faixa “non eadificandi” da rodovia, sem autorização do DER/SE. A ADCAR quer que a companhia de energia realize obras como compensação pela implantação dos pestes e da subestação em local possivelmente proibido.

FOTOS: Arquivo ADCAR

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados