Aracaju, 16 de Novembro de 2018
Promotor de Justiça morreu após desentendimento em pousada


A Secretaria de Segurança Pública informou na manhã desta segunda-feira, 10, que investiga as causas da morte do promotor de Justiça Gimarcos Evangelista, ex-prefeito de Japoatã

A polícia foi informada que o promotor morreu após desentendimento em uma pousada no bairro Santo Antonio, em Aracaju, no momento de pagar a conta.

O acompanhante do promotor se retirou da pousada. 

Laudo do IML aponta para morte natural, sem sinais de violência.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados