Aracaju, 19 de Novembro de 2018
Baixa rejeição do seu nome e alto número de indecisos sinalizam desejo de mudança, avalia Milton


Com menor rejeição em todas as pesquisas já divulgadas, o candidato a governador Milton Andrade (PMN) considera que essa informação, aliada ao alto número de eleitores indecisos revelam o desejo de mudança já sinalizado há algum tempo pela sociedade. “Infelizmente, por diversos fatores, especialmente, a corrupção e o uso da máquina pública em favor de grupos que se perpetuam no poder, observamos uma clara repulsa do cidadão à classe política”, disse o candidato, que tem 30 anos e participa pela primeira vez da disputa político-eleitoral.

Para ele, toda a sociedade sofre as consequências do descrédito gerado pelas mazelas que têm marcado a vida política. “No entanto, ao avaliarmos as pesquisas e vermos que o nosso nome é o menos rejeitado, isso nos permite acreditar que podemos ser a alternativa para esse eleitorado que ainda não decidiu em quem votar ou que hoje está pensando em votar em branco ou nulo, justamente, por, assim como eu, estar desacreditado desse cenário de caos a que estamos submetidos”, afirmou o candidato.

No entender de Milton, abster-se da escolha não é a melhor forma de “tomar o poder dos que estão no comando do Estado há anos e até há décadas e que são os responsáveis diretos por todos os problemas enfrentados pela população que tem a escola que não funciona, o posto de saúde sem profissionais e sem estrutura; as estradas em situação caótica; a segurança fragilizada e o Estado engessado”.

De acordo com Milton, o voto é o instrumento de mudança que tem peso igual para todo mundo. “O voto é o único elemento de equidade do processo de disputa e devemos usá-lo de forma consciente para começarmos a fazer as mudanças que desejamos”, ensinou Milton, observando que, assim como a maioria do eleitorado, ele também, está insatisfeito em ficar vendo o Estado ostentando os piores índices em todas as áreas essenciais, sem que nada fosse feito para mudar.

“Foi a partir dessa insatisfação que resolvi não mais me omitir, mas me colocar à disposição da sociedade como opção para fazer mudança que Sergipe precisa, implementando uma gestão técnica, desburocratizando e reduzindo o inchaço do Estado para que sobre dinheiro para pagar ao servidor e para fazer investimento em ações que resultem em benefício direto para a população”, contou Milton que é empresário e advogado, cuja campanha é paga com dinheiro próprio e com doações de amigos que acreditam e apoiam o projeto.   

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados