Aracaju, 18 de Setembro de 2018
Entidade repudia atitude do prefeito Edvaldo Nogueira


A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) de Sergipe vem a público se solidarizar com o funcionalismo público municipal e repudiar a atitude arbitrária e desrespeitosa com que o prefeito Edvaldo Nogueira vem tratando os trabalhadores da Saúde, Psicólogos, Agentes Comunitários, Médicos e Enfermeiros.  Os servidores municipais estão há dois anos sem qualquer reajuste salarial e ainda tiveram o ponto cortado por exercerem o direito de se manifestar.

De acordo com Adêniton Santana, presidente da CTB Sergipe, foram cumpridas todas as determinações legais para que a greve acontecesse. “Todo esse problema foi criado porque existia uma mesa de negociação e mesmo antes de discutir a questão econômica o representante do prefeito, Jeferson Passos (Secretário de Finanças) foi a impressa e  também a Câmara de Vereadores declar que esse ano não teria condições de aumento para o funcionalismo público, isto posto as categorias solicitaram uma audiência com o prefeito, para tratar da questão já que na mesa de negociação não existia  mais espaço por conta do atropelo de Jeferson Passos, criando assim um verdadeiro impasse", explicou Adêniton. 

Ainda segundo Adêniton, a CTB Sergipe está inteiramente

a disposição para caminhar lado lado dos servidores municipais nessa luta em prol da valorização da classe trabalhadora e reforça que isso não é digno de um governo progressista.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados