Aracaju, 19 de Setembro de 2018
Sergipe é um dos 3 Estados que terminarão 2019 muito longe da recuperação plena


Após uma queda acumulada de 6,9% no biênio 2015/2016, o PIB cresceu 1% em 2017, e a estimativa da consultoria Tendências é que cresça outros 1,7% em 2018 e 2,9% em 2019.

Mas a recuperação é desigual e será suficiente para que apenas 8 estados brasileiros atinjam finalmente o nível de atividade anterior à crise: Pará, Roraima, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rondònia, Tocantins e Amazonas.

Todos os estados que vão se recuperar mais rápido estão na região Norte e Centro-Oeste, “impulsionados principalmente pelo agronegócio e mineração, além da forte exposição ao mercado externo”, segundo a consultoria.

Na outra ponta do ranking estão os estados que terminarão 2019 ainda muito distantes da recuperação plena, como Alagoas (-8,4%), Sergipe (-7,8%) e Pernambuco (-7,5%).

O Nordeste, de forma geral, depende muito de investimento público e transferências do governo, dois fatores cujo cenário de recuperação ainda é muito incerto.

Eelação ao nível pré-crise segundo a estimativa da Tendências, o PIB de Sergipe terá redução em 2019 de 7,8%.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados