Aracaju, 19 de Setembro de 2018
NOMES: Vereadores de Sergipe afirmam ter privilégios na obtenção de remédio e exames, em Arapiraca


O relato de dois vereadores da cidade de Japoatã, em Sergipe, deixou indignadas integrantes de uma reunião da Câmara Municipal do local. Na ocasião, os políticos afirmaram categoricamente que têm privilégios em relação a atendimento e obtenção de exames no sistema de Saúde municipal de Arapiraca.

Os legisladores citados são: José Luiz Vieira da Silva (PTN), conhecido como “Luiz da Autoescola”, e Manoel Pereira da Silva Filho (PSD), conhecido como “Manoel do Assentamento”. Em reunião na Câmara Municipal de Japoatã, para a abertura da Associação das Mulheres de Japoatã (SE). De modo descontraído, os vereadores informaram que tinham ótima relação de parceria com a Saúde de Arapiraca, que ligavam para alguém da gestão e no dia seguinte conseguiam exames de difícil agendamento, como ressonâncias magnéticas e tomografias.

A presidente da Associação das Mulheres de Arapiraca (AMA), Geórgia Rocha, estava presente como convidada especial, e ouviu os depoimentos. Giovanna Rocha, integrante da Associação das Mulheres de Aracaju estava também no momento, e relatou ao 7Segundos as informações ditas pelos vereadores na reunião:

               “Eles começaram a conversar com a Geórgia, e relataram: ‘Nós temos um acesso muito bom na área da saúde [de Arapiraca], com ressonâncias, medicamentos, consultas, tomografia, biópsia...’.

               Ela me relatou, e aí eu comecei a debater. Disse: ‘Como é que vocês têm um convênio, uma parceria por amizade, com um município de outro estado, sendo beneficiados pelo serviço público, na área da saúde? ’. Aí um deles respondeu: ‘Não quero saber quem é que paga, quero saber que eu consigo uma ressonância em dois dias’. Eles ligam num dia e conseguem no outro. Hoje (23), um deles disse que estava levando dois pacientes para o Hospital Chama para fazer ressonância. E que, de remédio, ele trazia de caixa fechada. Ele não sabia que a Geórgia era de Arapiraca. Debochou muito do pessoal de Alagoas.

               A revolta da AMA, principalmente da presidente que estava no momento, é que vários exames foram suspensos pela Secretaria de Saúde de Arapiraca, em virtude de pedir cartão do SUS, cartão do posto de saúde, comprovante de residência, dependente no cartão... uma burocracia. Agora eu quero saber como um vereador de um município de um outro estado consegue a liberação tão rápido assim sem nenhuma documentação dessa? ”.

A Associação das Mulheres de Arapiraca informou que se pronunciará oficialmente em breve, e que sua assessoria jurídica já toma as providências legais quanto ao assunto. O 7Segundos tentou o contato com os vereadores Manoel e José Luiz, mas não obtivemos retorno.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que desconhece este tipo de prática.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados